Guia Manhuaçu

Geral

06/02/2020

Mais donativos chegam para moradores de cidades da região

REDAÇÃO - Os danos causados pelas fortes chuvas que atingiram Minas Gerais nas últimas semanas fizeram surgir uma corrente de solidariedade na sociedade civil e nas instituições públicas para auxiliar pessoas e municípios prejudicados a ser reestruturarem. O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), em parceria com a Cruz Vermelha Brasileira, com o Poder Judiciário, com os Escoteiros, com as Polícias Civil e Militar e com o Rotary Club, realizou, nos últimos dias, a entrega de doações de alimentos, materiais de limpeza e higiene, colchões e roupas a algumas cidades atingidas.

Na sexta-feira, 31 de janeiro, a ajuda humanitária foi levada aos municípios de Taparuba, no Vale do Rio Doce, a Carangola e a Espera Feliz, na Zona da Mata. Na cidade do Vale do Rio Doce, a ação foi intermediada pela Promotoria de Justiça de Ipanema e pela Polícia Civil. Em Carangola e em Espera Feliz, os promotores de Justiça locais coordenaram o voluntariado e houve participação de integrantes do projeto MP Itinerante, do MPMG.

Nesta segunda-feira, 3 de fevereiro, novos itens foram direcionados para a população de Espera Feliz. O coordenador da Rede Voluntariado do MPMG e conselheiro da Cruz Vermelho no estado, promotor de Justiça Walter Moraes, explica que as doações recolhidas nos pontos de apoio são, inicialmente, levadas para um galpão da Cruz Vermelha no bairro Betânia, em Belo Horizonte, onde passam por uma triagem, são organizadas e, então, distribuídas a cidades prejudicadas.

No entanto, o apoio vai além dos recursos materiais, como conta o promotor: “Entendemos que todos necessitam de uma palavra amiga, de um sorriso, de um aperto de mão, de um abraço. Um simples gesto pode ser essencial para devolver a alguém dignidade, coragem e a força para continuar na caminhada da vida. Não nos furtemos em prestar nossa solidariedade a quem quer que seja. Somos todos irmãos”.

Conforme Walter, a distribuição das doações para o interior do estado está sendo realizada graças a parcerias firmadas com empresas de transporte. Dois caminhões foram cedidos para o trabalho, um pelo MPMG e outro pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

O promotor de Justiça de Ipanema, Maikon Andre Oliveira Dias, que atuou na ação em Taparuba,  comentou sobre a relevância da ajuda à cidade do Vale do Rio Doce. "A ação realizada em Taparuba foi importante para, além de transmitir uma mensagem de solidariedade, ajudar a minimizar a dor sofrida pelas famílias e encorajá-las a enfrentar o recomeço. Também foi a demonstração de que a parceria entre instituições gera excelentes resultados à população".

Entre os municípios que já receberam doações da Cruz Vermelha Brasileira estão, ainda: Governador Valadares, Caparaó, Rio Acima, Honório Bicalho, Raposos, Esmeraldas, Brumadinho, Ipoema, Matipó, Abre Campo, Aimorés, Barão de Cocais, Sabará, Santa Luzia, São Gonçalo do Rio Abaixo, Cipó e Ipanema.