Guia Manhuaçu

Geral

27/01/2020

Chuvas: 17 pessoas mortas e três continuam desaparecidas

REDAÇÃO - O 11º Batalhão de Polícia Militar atualizou o número de mortes provocadas pelas chuvas na região com a localização de mais dois corpos. São 17 vítimas fatais e continua a busca por três desaparecidos.

LUISBURGO

Na sexta-feira, foi registrada ocorrência com duas vítimas no Córrego da Pedra. Um casal de idosos que teria tentado sair da casa de carro, durante o início da inundação e foram levados pela correnteza. Vítimas Maria Bicalho Ferreira (62) e Valtair Alves de Sousa (63). O corpo de Maria Bicalho Ferreira foi localizado, há uma distância aproximada de 3 km de sua residência, e do senhor Valtair ainda se encontra desaparecido. A casa deles foi totalmente destruída, o veículo foi localizado preso em meio às arvores a uma distância de 2 km do local.

No mesmo dia, foi registrada ocorrência de deslizamento de terra no Córrego Pedra Dourada (Luisburgo) com soterramento de uma residência do senhor Sidnei da Silva Alves (42), que morava com sua esposa Rita de Cássia Pereira (42) e filho Sidimar da Silva Alves (16). O corpo da vítima Sidnei foi encontrado, contudo sua esposa e filho ainda estão desaparecidos.

ALTO CAPARAÓ

No sábado, dia 25/01, houve ocorrência de um deslizamento de terra no Córrego Bragunça, que atingiu diversas casas na localidade na zona rural de Alto Caparaó. Em uma casa que foi arrastada pelo deslizamento de terra havia uma família, num total de 05 pessoas, sendo um casal e três filhos, duas crianças ainda conseguiram escapar antes da casa ser arrastada. Foram localizados os corpos das três vítimas fatais, o casal Jorcenei Peron Araújo (40) e Elcimeire de Oliveira Araújo (36) e seu filho Riquelme de Oliveira Araújo (03).

Também houve ocorrência de um deslizamento no Córrego Fama, com uma casa atingida, tendo como vítima fatal Clarisvaldo Barbosa Rezende (50). Ele foi localizado logo pela manhã e levado já sem vida para Caparaó, onde reside sua família.

SIMONESIA

Na manhã de sábado, houve de deslizamento de terra no Córrego Três Barras em Simonésia. Uma residência foi totalmente soterrada, ocasionando a morte de três moradores: Sebastião Joaquim de Freitas (81), Alda Clementina de Freitas (73) e Vanessa Julia Gomes de Freitas (15). Os próprios moradores, vizinhos e amigos conseguiram retirar os corpos em meio a lama. Os corpos foram liberados para o serviço funerário, sendo levados para o pronto atendimento de Simonésia e sepultados.

ALTO JEQUITIBA

Houve um deslizamento de terra sobre uma casa no Córrego Indaiassu em Alto Jequitibá, e que em virtude deste deslizamento, a casa teria sido arrastada até o leito do rio, de onde a enchente teria levado três crianças rio abaixo. Populares conseguiram ainda socorrer uma das crianças que foi encontrada dentro do rio, sendo João Vitor Fagundes Salim, de 12 anos, ela foi levada pelos bombeiros militares até a UPA em Manhuaçu, foi transferida nesse fim de semana para Belo Horizonte em estado grave. As outras duas crianças, irmãs de João Vitor, sendo Eduardo Fagundes Salim de 7 anos e Isadora Fagundes Salim de 01 ano foram localizadas já sem vida.

Outro deslizamento de terra sobre uma residência no Povoado Luanda foi no sábado. Deu entrada no pronto socorro municipal de Alto Jequitibá, a senhora Dinora Rosalina da Silva (101), que foi vítima do soterramento, ela foi socorrida por populares e chegou sem vida ao pronto socorro.

MANHUAÇU

Ocorrência de afogamento na Avenida Getúlio Vargas, bairro Coqueiro, no sábado. Segundo testemunhas a vítima Ueldison Carlos da Cruz (33) havia entrado nas águas do Rio Manhuaçu e ficando submerso por muito tempo. Populares resgataram o corpo horas depois, quando o nível das águas já estava menor. O serviço funerário recolheu o corpo para demais providências

SANTA MARGARIDA

Ocorrência de deslizamento de terra no Córrego Cachoeirinha. Uma casa ficou soterrada. A vítima Daniel Henrique de Souza foi socorrida por populares, mas morreu logo após.

PEDRA BONITA

Ocorrência de deslizamento no Córrego do Café em Pedra Bonita. Segundo relato de populares, a vítima estava andando pela estrada juntamente com seu esposo senhor Leandro José do Carmo, quando ocorreu o primeiro desmoronamento de terra, vindo a soterrar os dois, tendo o senhor Leandro conseguido sair.

Com a ajuda de um popular o senhor Leandro ainda tentou resgatar sua esposa, quando ocorreu um segundo deslizamento, momento que não foi possível resgatar a vítima com vida. Com a ajuda de populares, a vítima Marlene Aparecida Ferreira do Carmo (34), foi levada já sem vida para a a cidade de Santa Margarida, sendo encaminhada na ambulância do serviço de saúde municipal para o IML de Manhuaçu.

Também no sábado, houve deslizamento de terra no Córrego da Laje. Uma casa ficou soterrada, a vítima Vanessa de Souza Chaves (17) estava dormindo em seu quarto no momento do desabamento. Ela ainda foi socorrida por familiares, mas veio a óbito.

Ainda houve ocorrência de deslizamento de terra no Córrego dos Cruz. O corpo da vítima Laurentino Ferreira da Costa (65) foi localizado na manhã desta segunda-feira (27), sua casa também foi atingida.

Foto de sábado 25/01/2020