Guia Manhuaçu

Economia

06/03/2019

Energisa promove encontro e apresenta investimentos na região

MANHUAÇU (MG) - Para estreitar o relacionamento com a imprensa e apresentar um pouco mais sobre o setor elétrico, os principais investimentos, ações realizadas e também explicar como funciona o processo de reajuste tarifário, Fernando Costalonga, diretor Técnico e Comercial da Energisa, reuniram na quinta-feira, 28/02, no Gran Café Hotel, em Manhuaçu, jornalistas e profissionais da área de comunicação.

O encontro teve apresentações também de diretores de diversas áreas da empresa e a presença da conselheira Isaura da Paixão, do Conselho de Consumidores da Energisa Minas Gerais.

Fernando Costalonga apresentou os investimentos para 2019. Serão R$ 78 milhões visando garantir mais confiança, tecnologia e qualidade nos serviços prestados aos clientes, sempre com foco em segurança. “O grupo Energisa vem investindo de forma robusta em toda a região de Manhuaçu. Construímos a segunda subestação em 2017, que fica próximo ao Clube UBA, e temos obras importantes para a região, trazendo redes modernas, ampliando opções de manobras e novos alimentadores”, garantiu.

Entre as obras e ações, destacam-se: reformas e modernizações de subestações; substituição de transformadores e obras de segurança, que consistem na substituição de cabos nus por cabos protegidos.

Em 2019, a Energisa realizará diversas obras na região que irão melhorar e ampliar o fornecimento de energia no estado, como: a melhoria na qualidade do serviço e segurança com recondutoramento de cabo nu para rede protegida das localidades: Além Paraíba, Cataguases, Coimbra, Ervália, Guarani, Leopoldina, Santana do Manhuaçu, São João Nepomuceno, Tebas e Visconde do Rio Branco;

Serão construídos seis novos religadores de subestação (Novos Alimentadores), contemplando os conjuntos Cachoeira da Neblina, Laranjal, Matipó, Santana do Manhuaçu, Santa Margarida e Sumidouro.

Outro assunto que chamou a atenção dos jornalistas foi a Tarifa Social de Energia Elétrica, no qual famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal ou que recebem algum dos amparos vinculados ao Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC podem obter até 65% de desconto na conta de energia. Em Minas, na área de concessão da Energisa mais de 35 mil clientes podem aderir ao benefício. Ações com a comunidade como Zé da Luz na Escola, projeto Nossa Energisa, eficientização energética em prédios públicos, além dos canais de atendimento também foram apresentados à imprensa.

“Falamos também da tarifa branca e explicamos que ela é baseada numa regra bem definida e é importante que o cliente compreenda seu funcionamento. Basicamente, no horário de fim de dia e início da noite, quando existe uma demanda maior do sistema, a tarifa fica muito mais cara. Em contrapartida, nos outros horários do dia, fica bem mais barata. Pode compensar para alguns clientes, mas cada caso deve ser analisado”, completou.

Fernando Costalonga ainda destacou vantagens do aplicativo Energisa On. “É um aplicativo moderno que facilita a vida dos clientes. Ele permite verificar histórico de consumo, fazer a medição e informar no aplicativo especialmente para quem reside na zona rural, possibilita pagar as contas e também, com um simples clique, informar que está sem energia”.

Um dos temas específicos para a região de Manhuaçu foi a questão das novas ligações de energia elétrica na zona rural. Costalonga explicou que em alguns casos a Energisa está impedida de resolver: “Existe uma lei federal que proíbe o atendimento para quem não tem a documentação adequada, por isso, não são feitas ligações novas em chacreamentos e propriedades que não estão regulares. Estamos buscando atender a todos na zona rural, inclusive fizemos muitos atendimentos do programa Luz para Todos aqui, mas no caso de propriedades que não estão regularizadas primeiro precisam se ajustar para depois fazermos o atendimento”.

O evento foi elogiado pelos representantes dos veículos de comunicação, que puderam esclarecer diversas dúvidas sobre o serviço de fornecimento de energia elétrica na região e o processo de composição das faturas de energia.

Carlos Henrique Cruz - Redação Integrada Portal Simonésia | Portal Manhumirim - #energisa #notícia