Guia Manhuaçu

Economia

21/09/2018

Supermercado Lopes inaugura usina solar e produz sua própria energia 

SIMONÉSIA (MG) - Localizado no centro de Simonésia, o Supermercado Lopes se reafirmar como um empreendimento inovador, sustentável e moderno. Desde quinta feira 20/09, a empresa passa a gerar sua própria energia, através da primeira “Usina solar fotovoltaica”, no município.

Segundo o empresário José Marcelo Rodrigues, é a maior usina de geração a partir da energia solar da cidade e seu entorno. Além disso, ainda irá produzir energia para a concessionaria local. O objetivo é preservar o meio ambiente com redução significativa de CO² por ano e promover economia para o empreendimento.

O supermercado possui 216 painéis fotovoltaicos instalados na cobertura da loja, que são responsáveis pela geração em média mais de 10 mil kWh/mês, equivalendo ao consumo de energia elétrica de mais ou menos 60 famílias. Os painéis solares fotovoltaicos possuem células de silício que captam a irradiação solar. A energia gerada neles, em corrente contínua, é transformada em corrente alternada por um inversor e assim abastece o local e o restante da energia vai para a rede da concessionaria, onde é armazenada para um consumo futuro do cliente.

Com o sistema fotovoltaico, a empresa ou família pode economizar até 95% na conta de energia, dependendo da potência instalada. Além disso, o ROI é garantido, pois o sistema é totalmente pago em poucos anos – e a vida útil dos painéis solares dura cerca de 25 anos em sua capacidade máxima (e continuará funcionando depois desse período).

Com a instalação dessa tecnologia o Supermercado Lopes passa a gerar energia suficiente para manter todo o empreendimento. O empresário afirma que sempre sonhou com esse projeto, visando modernização, mas de forma que gerasse economia, mas sem agredir o meio ambiente.

Além disso,o Supermercado Lopes se tornou isento dos aumentos da energia elétrica, já que, de acordo com o sistema de compensação em vigor no Brasil, cada quilowatt gerado equivale a um quilowatt consumido, independente do valor final da tarifa.

Caso não haja consumo de toda energia gerada, o sistema passa a injetar o excedente na rede elétrica, gerando créditos energéticos que podem ser utilizados em até 60 meses. Lembrando que o Brasil possui uma das melhores condições no mundo para geração de energia solar.

Para informações sobre a usina solar fotovoltaica entre em contato pelo telefone 33 9 8874-1800

Divino Augusto - Portal Simonésia