Guia Manhuaçu

Polícia

18/09/2018

PM e PC em Simonésia: Oito pessoas presas, armas, munições e carro

SIMONÉSIA (MG) - Uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil frustrou a tentativa de roubo a caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil de Simonésia, na madrugada desta segunda-feira, 17/09. Oito pessoas envolvidas no crime estão presas e vários explosivos, armas, munições e um veículos clonado foram apreendidos.

Com base em informações recebidas sobre a possível ação da quadrilha na região de Simonésia, a Delegacia de Polícia Civil de Manhuaçu compartilhou os dados com o serviço de inteligência do 11º Batalhão de Polícia Militar. Foi elaborada uma operação com cerco na área central de Simonésia e nas estradas de acesso.

Nesta segunda, por volta de 2 horas, os bandidos começaram a agir. Eles chegaram num Toyota Corolla, cor verde, e renderam dois comerciantes que estavam fechando a pizzaria, localizada a poucos metros da agência do Banco do Brasil.

Com os reféns e preparando para invadir o banco, o grupo deparou com a primeira equipe de policiais. Um dos bandidos atirou. Foi nessa hora que começou a primeira troca de tiros.

Os autores que haviam desembarcado saíram correndo em direção à Rua Bento Gonçalves, enquanto o condutor do veículo fugiu pela estrada de acesso ao distrito de São Simão do Rio Preto, abandonando os comparsas para trás.

Além de libertar os reféns, as equipes policiais arrecadaram uma espingarda marca Winchester, calibre 12, carregada com quatro cartuchos intactos, além de um carregador de pistola calibre 9mm, municiado com dezessete cartuchos intactos e um carregador de pistola calibre .380, municiado com dezoito cartuchos intactos.

Três dos cinco autores que saíram correndo entraram em nova troca de tiros, dessa vez com uma equipe do serviço de inteligência da Polícia Militar, oportunidade em que o autor Iran Cláudio Alves Costa, 32 anos, foi baleado e preso. Foi apreendida uma pistola calibre 380 com onze balas intactas e ainda com dispositivo de mira laser. Ele foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manhuaçu e está internado com escolta policial.

Na segunda troca de tiros, disparos acertaram uma viatura da polícia, utilizada pelo serviço de inteligência. Felizmente, nem os policiais e nem os moradores foram atingidos.

Outros dois indivíduos, até então não identificados, fugiram sentido a uma mata, onde novamente trocaram tiros com policiais militares.

PRISÕES

A partir da primeira ação, policiais realizaram buscas durante toda a madrugada em Simonésia. O primeiro a ser preso foi o motorista do Corolla. Márcio José da Costa, 40 anos, foi pego na estrada de São Simão do Rio Preto a São Vicente.

O carro estava com uma placa clonada de outro Corolla. O carro apreendido em Simonésia na realizada é um veículo furtado na Bahia, no dia 03 de setembro.

O segundo elemento preso foi até o pátio de um posto de combustíveis, furtou uma bicicleta e abandonou um colete à prova de balas. Com base em informações, a PM encontrou o suspeito numa casa. Ele havia rendido os moradores e obrigado que deixassem se esconder. A bicicleta na porta do imóvel foi o que denunciou sua presença.

Peterson Lucas Freitas, conhecido como B.A., 28 anos, foi preso com uma pistola 9mm, adaptada para função rajada. Ele carregava 35 munições. Há um mandado de prisão para ele da Justiça de Vila Velha (ES).

Ao amanhecer, com novas informações, os policiais civis e militares ficaram sabendo de um indivíduo ferido por disparo de arma de fogo no Córrego Três Coqueiros. Com veículos descaracterizados, conseguiram localizar e prender Iago Queiroz Lombardo, 26 anos, o qual estava na posse de uma pistola 380, com doze cartuchos intactos. Ele apresentava ferimento a bala, foi atendido na UPA e liberado para ser encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

CASA RURAL

Após a prisão dos quatro, os policiais conseguiram chegar até a casa, no córrego São Vicente, na zona rural, que foi utilizada para preparação para o crime frustrado dessa madrugada.

Márcio contou que, após sair da praça quando foram surpreendidos pela polícia, voltou à casa rural e deixou o material explosivo e ferramentas que seriam utilizadas no banco.

Foram encontrados quatro bombas fabricadas em metalon, ferramentas diversas, entre elas cavadeiras de ferro maciço, um recipiente contendo diversos dispositivos para perfuração de pneus, conhecidos como miguelitos, além uma sacola contendo oito munições calibre 12 intactas, nove cartuchos deflagrados calibre 28.

Ainda durante o rastreamento, os policiais recolheram em diversos pontos por onde os autores fugiram, as peças de roupa e toucas ninjas e celulares que eram utilizadas pelos criminosos.

Os levantamentos dos agentes das Polícias Civil e Militar também apontam para a participação de mais pessoas. Foram apurados e identificados uma adolescente de 15 anos (que seria namorada de Márcio) e dois outros rapazes que deram suporte para o grupo, levantando informações para o planejamento do roubo e fornecendo local para esconderijo e para preparação do grupo.

MAIS UM PRESO

Na noite de segunda-feira, houve nova troca de tiros e mais um elemento foi preso.

Em continuidade ao cerco, os policiais depararam com os dois autores tentando sair de uma mata na estrada de acesso a São Simão do Rio Preto. Houve intensa troca de tiros. Ao ser baleado pela segunda vez, um dos autores foi preso. O outro conseguiu escapar – é o sexto autor que ainda é procurado.

De acordo com a PM, o homem preso na noite desta segunda já estava com um ferimento a bala, de um dos confrontos da madrugada. Ele foi encaminhado ao serviço de saúde e posteriormente será levado para a delegacia.

AÇÃO CONJUNTA

Autoridades e a população elogiaram muito a ação conjunta e a pronta resposta das Polícias Militar e Civil na operação de Simonésia.

Os responsáveis pelas duas forças de segurança pública na região, também destacaram o bom resultado do planejamento.

O Comandante do 11º BPM, Tenente-coronel Sérgio Renato, ressaltou a parceria entre as equipes da PC e PM. “A Polícia Civil teve as informações, compartilhou com a Polícia Militar e, em prol da segurança pública, conseguimos êxito nessa operação durante a madrugada. É um resultado excelente e que mostra uma resposta pronta e eficiente à sociedade ordeira de nossa região, em especial de Simonésia”, pontuou.

O Delegado Regional de Polícia Civil, Dr. Carlos Roberto, também reforçou que foi um ótimo trabalho de inteligência e planejamento. “Mais uma vez uma ação exitosa, já que evitou que explodissem os caixas eletrônicos do Banco do Brasil. Evitou-se que acontecesse um grande prejuízo para Simonésia, já que a agência do Banco do Brasil funciona junto a sede da Prefeitura. Felizmente também, nenhum policial ou mesmo morador foi ferido na ação desses criminosos”.

Nesta terça-feira, as buscas continuam intensas em Simonésia na tentativa de chegar ao sexto indivíduo que estaria escondido nas matas na região da estrada de acesso a São Simão do Rio Preto.

Carlos Henrique Cruz | Jailton Pereira | Divino Augusto